domingo, 28 de fevereiro de 2016

Itabuna: PV realiza encontro regional

Aconteceu na manhã deste domingo (28/02) na sede do ABB em Itabuna o encontro do PV com 22 municípios da região. entre eles estavam  presentes: o presidente do PV de Ibicaraí, Kakalo Fraga, o candidato a prefeito de Ibicaraí, Lula Sampaio e o presidente do PV de Floresta Azul, Beto Bastos, além do deputado estadual Marcel Morais e o secretário de meio ambiente da cidade de Salvador, André Fraga, prefeitos e várias outras lideranças da região. 
     O encontro teve a finalidade de informar os pré-candidatos à prefeitos e vereadores a nova legislação eleitoral. Discutiram também, algumas alterações no estatuto do partido. O encontro foi bastante proveitoso, segundo Beto Bastos, presidente do partido em Floresta Azul.
(André Fraga, secretário do meio ambiente de Salvador, Lula Sampaio, candidato a prefeito de Ibicaraí, Deputado Estadual Marcel Morais)


Pronunciamento do Prefeito de Alcobaça

Beto Manoel Bastos e Lula Sampaio

Lula Sampaio, Marcel Morais, Kakalo Fraga e Beto Bastos

prefeito de Alcobaça, Beto Bastos e Lula Sampaio

Lulistas armam abandonar Dilma e tirá-la do PT




O PT avalia que Dilma não conseguirá reverter a crise (Foto: Agência Brasil)
O PT avalia que Dilma não conseguirá reverter a crise (Foto: Agência Brasil)

     Parlamentares ligados à facção petista Construindo um Novo Brasil (CNB), liderada por Lula, articulam o “plano de salvação” do PT que passa pelo afastamento progressivo da presidente Dilma Rousseff, até o rompimento. Pela lógica dos petistas, o partido poderá retomar seu discurso crítico, acusando Dilma de não observar o “programa popular” do PT, responsabilizando-a pela crise e até pelos casos de corrupção.
TUDO POR LULA
Internamente, o PT avalia que Dilma não conseguirá reverter a crise, nem barrar o impeachment. A ideia é evitar a “contaminação” de Lula.
ELA SABE DA ARMAÇÃO
Dilma soube do golpe do PT, daí o desespero de arrumar às pressas a viagem ao Chile, tentando não aparecer na festa do PT, neste sábado.
ESQUECERAM DE MIM
Assessores leais a Dilma chegaram a dizer que ela “cancelou” a ida à festa do PT no Rio, mas na verdade nem chegou a ser convidada.
CARA DE PAISAGEM
A direção do PT espera que, hostilizada, Dilma se impaciente e acabe por abandonar o partido voluntariamente. Lula faz cara de paisagem
(Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais).

Grupo de Temer revê estratégia para apoiar impeachment


Michel Temerl
Michel Temerl

Impulsionada pela prisão do ex-marqueteiro do PT João Santana, a retomada das discussões do impeachment da presidente Dilma Rousseff pelo PMDB vai se dar com uma nova estratégia. O grupo do vice-presidente Michel Temer avalia como vital um entendimento com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Além disso, acredita que é preciso atuar de forma discreta – quase silenciosa – ao contrário do que ocorreu no semestre passado.
Para um interlocutor do grupo de Temer, “ninguém quer queimar largada de novo”. A avaliação é que o maior de todos os erros foi apostar todas as fichas no presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Apesar do poder do cargo, a imagem que se consolidou é a de que ele usou o pedido de impeachment para desviar a atenção dos processos que ele enfrenta no Conselho de Ética e no Supremo Tribunal Federal (STF) por causa da Operação Lava Jato.
O primeiro passo de reaproximação de Temer e Renan foi dado na quinta-feira, quando os dois almoçaram no Palácio do Jaburu. Segundo aliados de ambos, a conversa teve como principal pauta a formação da chapa única que será apresentada na Convenção do PMDB. Na oportunidade, Temer deve ser reconduzido como presidente da sigla – ele está no posto desde 2001. Desta vez, porém, terá de abrir mais espaço para o PMDB do Senado.

Datafolha: 64% reprovam o governo Dilma e 60% defendem o impeachment

A ação do PSDB visa cassar o mandato da presidente Dilma Rousseff e do vice Michel Temer no Tribunal Superior Eleitora.(Foto: Reprodução/Facebook)
Outros 25% dos entrevistados consideram que o governo Dilma é regular(Foto: Reprodução/Facebook)
Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (27) no jornal “Folha de S.Paulo” indica os seguintes percentuais sobre como os eleitores avaliam o governo da presidente Dilma Rousseff (PT):
– Ótimo/bom: 11%
– Regular: 25%
– Ruim/péssimo: 64%
O Datafolha realizou o levantamento nos dias 24 e 25 de fevereiro. As somas podem passar ou ficar abaixo dos 100% por conta de arredondamentos, informou o instituto.
Segundo o instituto, Dilma atingiu o pico de desaprovação em agosto, quando tinha 71% de desaprovação. A avaliação negativa recuou nas últimas pesquisas – em dezembro, a reprovação era de 65%.
Na última pesquisa, realizada em dezembro, o governo Dilma recebeu a aprovação de 12%, que consideravam sua gestão ótima ou boa.
Impeachment – Os entrevistados também foram questionados se consideravam que, com o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff aceito pela Câmara, se os deputados devem votar pelo seu afastamento. Para que o processo siga para o Senado, onde o caso será julgado, é preciso que dois terços dos 513 deputados votem pela abertura do impeachment. Os resultados foram:
– Sim: 60%
– Não: 33%
– Indiferente: 4%
– Não sabe: 3%
A pesquisa quis ainda saber se os entrevistados entendem que Dilma deveria renunciar. Os resultados foram:
– Sim: 58%
– Não: 37%
– Não sabe: 4%

Bandidos invadem cidade de Angical e explodem o Banco do Brasil

Segundo informações da delegacia da cidade, a agência foi parcialmente destruída, mas ninguém ficou ferido durante a ação dos bandidos. (Foto: Blog Sigi Vilares/Reprodução)
Segundo informações da delegacia da cidade, a agência foi parcialmente destruída, mas ninguém ficou ferido durante a ação dos bandidos. (Foto: Blog Sigi Vilares/Reprodução)
A população da cidade de Angivcal, a 679 Km de Salvador, no Oeste da Bahia, teve uma madrugada de pânico neste sábado (27). A cidade foi invadida por um grupo de 12 bandidos fortemente armados explodiram a agência do Banco do Brasil.
Segundo a polícia, ninguém ficou ferido, mas os bandidos conseguiram abandonar tranquilamente a cidade, fugindo em quatro veículos. A polícia não soube informar a quantia levada pelos criminosos.
Os assaltantes fugiram em direção do povoado de Missão do Aricobé, na zona rural de Angical. Equipes realizam rondas em busca dos criminosos, mas até o momento ninguém foi preso.

jornal da midia

“Se precisar, serei candidato a presidente em 2018”, diz Lula em festa

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje (27) no Rio de Janeiro que, se o PT entender que é necessário, ele será candidato à Presidência em 2018. A afirmação foi feita durante festa de comemoração dos 36 anos do partido, na cidade do Rio. Em um discurso de quase 40 minutos, Lula criticou a oposição e a imprensa que, segundo ele, estão tentando atingi-lo “com mentiras, com vazamento de informações e a criminalização” por meio de notícias, sem que haja qualquer julgamento.
Lula discursaou por 40 minutos na festa de 36 anos do PT, no Rio, e criticou oposição impensa (foto: Nacho Lemus/TeleSURtv)
Lula discursaou por 40 minutos na festa de 36 anos do PT, no Rio, e criticou oposição impensa (foto: Nacho Lemus/TeleSURtv)












O ex-presidente negou que seja o dono do triplex no Guarujá e do sítio em Atibaia – imóveis investigados pela Justiça e que tiveram destaque na imprensa nos últimos dias. Segundo ele, o sítio, por exemplo, foi comprado por seu amigo Jacó Bittar. O acordo era que a família de Lula também usufruísse da propriedade quando ele deixasse a Presidência.
“Eles pensam que, com essa perseguição, vão me tirar da luta. Eles não conhecem o PT. Se quiserem me derrotar, não vão me derrotar mentindo. Terão que me enfrentar nas ruas, conversando com o povo brasileiro”, disse Lula. “Se eles quiserem voltar ao poder, vão ter que aprender a ser democráticos, disputar eleições e acatar o resultado. Se eles quiserem, se preparem para 2018. Afiem suas garras e vamos disputar democraticamente”, acrescentou.
Ele destacou que essa situação serve para fortalecer partido. “Eles estão determinados: ‘Vamos destruir o PT’. E eu queria dizer para eles: Vocês não vão nos destruir. Nós sairemos mais fortes dessa luta.”
Em seu discurso, Lula também disse que, apesar das divergências entre o PT e o governo da presidenta da República, Dilma Rousseff, o partido está ao lado dela. Lula disse que está à frente de um exército de milhares de soldados para defender o mandato de Dilma.
“Por mais que tenha discordância em alguma coisa, a Dilma tem que ter certeza de que o lado dela é esse. Ela precisa de nós para poder sobreviver aos ataques que ela vem sofrendo no Congresso Nacional pelos nossos adversários”, disse Lula.
Lula foi o grande homenageado da festa de 36 anos do PT, no Armazém da Utopia, na zona portuária do Rio de Janeiro.


agencia brasil

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

João Santana é preso pela PF ao desembarcar em SP e segue para Curitiba

João Santana desembarcou em Guarulhos (SP) e foi preso pela PF (Foto: Imagem capturada/TV Globo/Reprodução)

João Santana desembarcou em Guarulhos (SP) e foi preso pela PF (Foto: Imagem capturada/TV Globo/Reprodução)



Após ter a prisão decretada na 23ª fase da Operação Lava Jato, o ex-marqueteiro do PT João Santana desembarcou nesta terça-feira (23) no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, por volta das 9h25 do voo vindo de Punta Cana, na República Dominicana. Ao chegar, ele foi preso pela Polícia Federal (PF).
João Santana e a esposa, Monica Moura, vieram acompanhados do advogado Fábio Tofic no voo e estavam entre os últimos passageiros a desembarcar. Voaram na classe econômica de um voo comercial e sentaram juntos durante a viagem. Não havia primeira classe no avião. O casal não foi alvo de manifestação de nenhum passageiro.
Depois de desembarcar em Guarulhos João Santana e a esposa foram ouvidos na sala da PF, no aeroporto, por cerca de 15 minutos pelo delegado da Lava Jato Eduardo Mauat.
Eles seguiram para Curitiba por volta das 10h30 em um avião da PF, acompanhados pelo delegado.
Segundo agentes, o advogado do casal foi quem levou a maioria de seus pertences. Tofic pegou um voo de carreira para a capital paranaense.
Os depoimentos de Santana e de sua mulher ainda não foram marcados, mas a expectativa da defesa é que aconteçam na quinta (25). Tofic afirmou que seus clientes “estão machucados, mas tenho confiança que darão todos os esclarecimentos possíveis”.
Santana, que foi responsável pelas campanhas presidenciais de Lula (2006) e Dilma Rousseff (2010 e 2014), estava na República Dominicana, onde trabalhava para reeleição do presidente Danilo Medina. O pedido de prisão do publicitário repercutiu na imprensa do país.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Trio é preso suspeito de tráfico em Ibirataia

Policiais Militares do 3º Pelotão/Ibirataia retornavam da cidade de Ipiaú, quando perceberam um veículo Corcel de cor azul realizando diversas ultrapassagens perigosas na BA-650. Os policiais realizaram o acompanhamento do veículo que trafegava em alta velocidade, quando o condutor do mesmo chocou-se numa estaca de madeira na entrada de uma Fazenda, abandonando o carro. O condutor foi identificado como Gigante, que evadiu-se adentrando uma roça de cacau. Dentro do automóvel foi encontrado um tablete de maconha pesando cerca de 170g. O veículo, um Ford Corcel de placa policial JLG-2835, licença de Jequié foi apreendido. Os policiais retornaram ao local da diligência num veículo particular a fim de manter o evento surpresa e, no caminho, observaram a esposa de Gigante com um rapaz identificado como Gabriel Almeida Barreto (Orêa). Mais a frente os militares encontraram Anderson Brandão Silva (Gigante), embarcando num veículo Corsa Wind de propriedade de Zenilton Moura Santos. Todos foram detidos e apresentados na Delegacia de Polícia de Ibirataia.Gigante já possui passagem por tráfico de entorpecentes e posse ilegal de arma de fogo.

o garimpeiro de noticias

Brasil enfrentará Equador, Haiti e Peru na Copa América 2016


O Brasil conheceu na noite deste domingo seus adversários na Copa América Centenário, que será disputada em junho, nos Estados Unidos. E saiu aliviado com os rivais mais fáceis. Cabeça de chave do Grupo B, a Seleção vai estrear contra o Equador, no dia 4, no Rose Bowl, mesmo estádio onde conquistou o tetracampeonato mundial em 1994, nos pênaltis, sobre a Itália. No dia 8, em Orlando, o adversário será o Haiti. O Brasil fechará sua participação na primeira fase em Boston, no dia 12, diante do Peru. - A diferença desta Copa América é que vamos pegar juntamente com as Eliminatórias. Em seguida, temos as Olimpíadas. É um calendário bem pesado, vamos ter que conversar muito com os clubes para ver a liberação dos jogadores. Alguns jogadores vão estar nas duas competições. Vamos ter bastante trabalho - disse o técnico Dunga, da Seleção, ao SporTV.

Produção de cédulas e moedas diminui e falta dinheiro trocado no país

O Banco Central indica que o valor total das cédulas e moedas em circulação no país cresceu apenas 2,1% em 2015, menor expansão desde a criação do Plano Real, em 1994. Descontada a inflação, o valor do meio circulante encolheu 8,4%. De acordo com a Folha de S. Paulo, é a segunda vez nestes 22 anos que isso ocorre. A outra foi em 2003, quando gastos na produção de dinheiro foram limitados para conter a despesa pública. Neste ano, o problema poderá se repetir, devido ao corte de 7% no orçamento previsto para a produção de numerário em relação a 2015. A Folha destaca que entre 2014 e 2016, a despesa deve somar R$ 1,35 bilhão.

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Professores de Ubatã estão em greve por tempo indeterminado

tytyt

Os professores da rede municipal de Ubatã entraram em greve por tempo indeterminado. Os profissionais de educação reclamam que a prefeita Simeia Queiroz se nega a cumprir a lei que estabelece o piso nacional do magistério. O Ministério da Educação estabeleceu aumento de 11,36% no valor do piso. O reajuste deve ser pago pelos municípios e estados já em fevereiro. Mas a prefeita afirma que o município não tem condições financeiras para pagar o novo piso. A prefeita informou que vai tentar negociar com os professores. O ano letivo em Ubatã começaria na segunda-feira para cerca de 2.600 alunos de 33 escolas das zonas rural e urbana. Com reajuste autorizado pelo MEC, o piso nacional dos professores passou de R$ 1.917 para R$ 2.135 por 40 horas semanais de trabalho. Mas muitas prefeituras do sul da Bahia alegam que não têm como pagar o novo piso.

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Rui Falcão defende política econômica de Lula


Rui Falcão, presidente do PT (Foto: Richard Casas/ PT/Divulgação)Rui Falcão, presidente do PT (Foto: Richard Casas/ PT/Divulgação)
Em evento de comemoração aos 36 anos do Partido dos Trabalhadores (PT), organizado pelo diretório municipal do partido, na noite de hoje (19), o presidente nacional do partido, Rui Falcão, fez um discurso em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e também em defesa da política econômica de Lula.
“O PT tem todo o direito de colaborar com o nosso governo, que nós defendemos e queremos que se mantenha, de apresentar também as nossas propostas. E nós vamos na direção de, nas circunstâncias de hoje, que não são as mesmas da época do Lula, mas reivindicar que tenhamos uma política econômica nos marcos do que foi a política econômica do governo Lula”, disse ao citar o programa econômico apresentado pelo PMDB, que tem orientação liberal, segundo Falcão.
Para Falcão, debater superávit, défict e câmbio, por exemplo, é mais difícil, mas disse que as pessoas entendem o que era a política do governo Lula. “Significava emprego, distribuição de renda, valorização salarial, diálogo, mobilização, reforma agrária, prestígio do Brasil no âmbito internacional, integração do país junto com os governos populares da América do Sul, da África, de colaboração incentivo e parceria. Tudo isso é fácil [de entender]”.
Ao defender a política econômica do ex-presidente, Falcão falou que o país vive uma outra situação atualmente, mas insistiu que existem marcos que são possíveis de defender, como a questão do emprego. “Por exemplo, em vez do superávit como matriz, eu coloco a questão do emprego [como matriz], então eu vou dizer o seguinte: aumentar a taxa de juros é bom para o emprego? Não, é ruim para o emprego. Então eu sou contra. Fazer valorização do salário-mínimo todo ano e manter a lei que tem lá é bom para o emprego? É. Então eu sou a favor”, exemplificou Falcão.
Segundo Falcão, esse modelo cria uma linha de demarcação positiva para o partido, o que torna mais fácil a defesa da democracia no país “com gente na rua, gente mobilizada com convicção”.
Rui Falcão disse que o PT ganhou a última eleição presidencial em uma dura disputa, com forte polarização e em meio a um aprofundamento da crise mundial, com a queda dos preços do petróleo, do minério de ferro, das mercadorias agrícolas, além das desonerações promovidas na última fase do governo Dilma, para tentar sustentar o nível de emprego.
“Isso levou a que o nosso governo, que é um governo de coalizão, integrado por vários partidos, esteja sendo constrangido a cumprir uma pauta que não é exatamente a nossa. Não é que é uma vontade, mas há uma pressão”, justificou, referindo-se às diferenças com o Congresso Nacional.
“Se nós temos uma correlação desfavorável no Congresso e combatemos lá e temos tido vitórias parciais, nós precisamos ter um movimento social forte, uma opinião pública que a gente vá convencê-la também para exercer a pressão legítima para alterar aquela correlação que está lá dentro”, disse. Para ele, se isso não ocorrer, o PT vai ser obrigado a cumprir um programa que é “o programa de quem perdeu a eleição”.
Estiveram presentes também no evento o prefeito Fernando Haddad, sua esposa Ana Estella Haddad, o deputado Paulo Teixeira, a vereadora Juliana Cardoso e o presidente municipal do PT Paulo Fiorillo.

Governo do Estado abandona Distrito Industrial de Barreiras




Lula e Raúl Castro

DINHEIRO RÁPIDO PARA CUBA – Os procuradores afirmam que a Odebrecht usou a influência de Lula para obter empréstimos no BNDES. Em 2011, Lula foi a Cuba encontrar Raúl e Fidel Castro e, um mês depois, reuniu-se com o presidente do BNDES, Luciano Coutinho (Foto: Reprodução/Fotos Públicas)

    Nos últimos meses, os procuradores do Núcleo de Combate à Corrupção em Brasília dedicaram-se intensa e discretamente à investigação criminal sobre as suspeitas de tráfico de influência internacional do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em favor da Odebrecht. Com a ajuda de peritos e de outros procuradores, como aqueles que integram a Força-Tarefa da Lava Jato, recolheram centenas de páginas de documentos das empresas de Lula, da Odebrecht e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o BNDES, que liberava o dinheiro indiretamente à empreiteira.
Analisaram telegramas diplomáticos sobre a atuação de Lula e dos executivos da Odebrecht no exterior, descobriram notas fiscais e mapearam as viagens e os encontros dos investigados. Ouviram as versões de Lula e receberam as defesas da Odebrecht e do BNDES. Apesar da complexidade do caso, o exame detido das provas colhidas até o momento conduziu os procuradores a uma conclusão: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva cometeu o crime de tráfico de influência.
lulaodebrecht.1












  ÉPOCA obteve acesso à íntegra das investigações. Além de documentos acerca das três partes investigadas (Lula, Odebrecht e BNDES), a papelada inclui perícias da equipe do Ministério Público Federal, auditorias inéditas do Tribunal de Contas da União, relatórios da Polícia Federal e despachos em que os procuradores analisam detidamente as evidências do caso. Na papelada, os procuradores afirmam que:
– Havia um “modus operandi criminoso” na atuação de Lula, dos executivos da Odebrecht e dos diretores do BNDES para liberar dinheiro do banco à empreiteira;
– Lula praticou o crime de tráfico de influência em favor da Odebrecht;
– Lula vendeu sua “influência política” à Odebrecht por R$ 7 milhões;
– O contrato de palestras entre uma empresa de Lula e a Odebrecht serviu para “dar aparência de legalidade” ao tráfico de influência;
– O BNDES aprovava com velocidade incomum – até 49% acima da média – os financiamentos que envolviam gestões de Lula e interessavam à Odebrecht.
Embora fundamentadas em meses de trabalhos, as constatações dos procuradores ainda não são definitivas. Eles ainda estão produzindo outros tipos de provas, de modo a embasar firmemente uma denúncia contra Lula, diretores da Odebrecht e executivos do BNDES. Não há prazo para que isso aconteça, nem certeza sobre o que de fato acontecerá, mas a investigação corre velozmente. Ela começou em abril do ano passado, e foi revelada por ÉPOCA. O objetivo do inquérito era apurar a suspeita de que Lula, após deixar o Planalto, em 2011, passara a atuar como operador da Odebrecht junto a governos amigos, de modo a destravar contratos da empreiteira no exterior, sempre financiados pelo BNDES. Lula, segundo os primeiros indícios que levaram à abertura do caso, agia nas duas pontas. Ele usava sua influência política para assegurar a liberação de financiamentos no BNDES em condições camaradas e, ao mesmo tempo, convencer ditadores e presidentes amigos a repassar o dinheiro à empreiteira sem dificuldades. Se comprovada, essa prática é crime, com pena de dois a cinco anos de prisão. Chama-se tráfico de influência.

Horário de verão termina neste domingo; relógios devem ser atrasados em uma hora

Horário de verão
Horário de verão acaba à 0h deste domingo. Relógios devem ser atrasados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-OesteArquivo/Agência Brasil



















   O horário de verão acaba neste domingo (21), a partir da 0h, quando os relógios devem ser atrasados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A medida, em vigor desde outubro, tem como objetivo aproveitar melhor a luz solar durante o período do verão, além de estimular o uso consciente da energia elétrica.
Os passageiros que tiverem voos marcados para este fim de semana devem ficar atentos para o horário correto de embarque. Os horários dos bilhetes de passagem são sempre emitidos levando em conta a hora local vigente na data da viagem. Para evitar transtornos, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) pede que os passageiros entrem em contato com as empresas aéreas em caso de dúvidas.
No caso de viagens de ônibus, em alguns terminais rodoviários as partidas ficarão paralisadas em uma hora. Segundo a Socicam Terminais de Passageiros, que administra rodoviárias de diversos estados, os ônibus com partidas programadas até as 23h59 de sábado (20) sairão normalmente, obedecendo o horário antigo. Na sequência, haverá a paralisação de 60 minutos, retomando com as partidas previstas a partir da 0h de domingo, já respeitando o novo horário. Os usuários que tiverem dúvidas sobre o horário de embarque devem procurar diretamente as empresas de ônibus.
A atual edição do horário de verão começou no dia 18 de outubro e possibilitou uma economia de R$ 162 milhões, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). A economia foi possível porque, com o horário diferenciado, não foi preciso adicionar mais energia de usinas termelétricas para garantir o abastecimento do país nos horários de pico. A diminuição de demanda equivale a uma redução de energia de 0,5% da carga nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, onde o horário de verão foi implementado.


agência brasil

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Supremo manda soltar o senador Delcídio do Amaral

Delcídio foi preso em novembro após oferecer dinheiro e fuga para delator. Delcidio poderá comparecer normalmente às sessões do Senado. (Foto: Reprodução/Facebook)


Delcídio foi preso em novembro após oferecer dinheiro e fuga para delator. Delcidio poderá comparecer normalmente às sessões do Senado. (Foto: Reprodução/Facebook)


O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou hoje (19) a soltura do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), preso em novembro do ano passado. O parlamentar está custodiado no Quartel do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar do Distrito Federal.
Não há detalhes sobre a decisão, que está em segredo de Justiça. Além de Delcício do Amaral, o chefe de gabinete do senador, Diogo Ferreira, também foi solto.
A prisão do senador foi embasada em uma gravação apresentada à Procuradoria-Geral da República por Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. Segundo a procuradoria, o senador ofereceu R$ 50 mil por mês para Cerveró e sua família, além de um plano de fuga.
Segundo os procuradores, o objetivo de Delcídio era evitar que o ex-diretor fizesse acordo de delação premiada. Os fatos ocorreram em uma reunião da qual participaram Bernardo Cerveró, o ex-advogado de Cerveró Edson Ribeiro e o senador Delcídio.
De acordo com a decisão, Delcídio deverá cumprir prisão domiciliar no período noturno e nos dias de folga. Ele poderá voltar às atividades no Senado. Como medidas cautelares, o ministro determinou que o parlamentar compareça aos atos processuais e entregue o passaporte em 48 horas.
Zavascki entendeu que a prisão poder ser substituída por medidas cautelares. “É inquestionável que o quadro factível é bem distinto do que ensejou a decretação da prisão cautelar: os atos de investigação em relação aos quais o senador poderia interferir, especialmente a delação premida de Cerveró, já foram efetivados, e o Ministério Público já ofereceu denúncia contra os agravantes”, decidiu o ministro.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Percentual de grandes indústrias que vão investir cai para 64%

A crise econômica afetou os investimentos em 2015 e as perspectivas para 2016. Segundo pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), feita com 860 grandes empresas (com 250 ou mais empregados), 64% das companhias pesquisadas pretendem investir este ano, o menor percentual da série histórica, iniciada em 2010. Em 2015, 74% das empresas investiram. O levantamento foi divulgado hoje (18)
Pesquisa aponta que 64% das empresas pretendem investir este ano, o menor percentual da série histórica (Foto: Agência Brasil)
Pesquisa aponta que 64% das empresas pretendem investir este ano, o menor percentual da série histórica (Foto: Agência Brasil)













  Entre as que planejam investir, 67% pretendem tocar projetos já em andamento e 33% devem iniciar novos empreendimentos, o menor percentual da série. De acordo com o estudo, 46% vão apostar na melhoria ou na introdução de novos processos e 18% em desenvolvimento de produtos.
O gerente executivo de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca, destacou que o dado positivo é que os investimentos estão voltados para inovação,com melhoria de processos produtivos. “Isso significa aumento de produtividade. Estão melhorando o processo produtivo, pensando em atender o mercado externo. Não tem crescimento via investimento, consumo ou gasto do governo. O único meio é a demanda externa, um mercado que está crescendo pouco, mas está crescendo”, destacou.
A pesquisa também revela que o número de empresas cujo foco principal é o mercado interno caiu de 68% em 2015 para 62%, este ano.
De acordo com as empresas que não pretendem investir, a principal razão é a incerteza econômica (92%). A ociosidade elevada (ou a reavaliação de demanda) foi o segundo item mais apontado (65%). Em terceiro lugar, ficou o custo do crédito, com 41% das respostas.
Em 2015, entre as empresas que investiram, 67% destinaram os recursos para a continuação de projetos anteriores. Entre as empresas, 86% compraram máquinas e equipamentos. Dessas, 55% adquiriram máquinas e equipamentos nacionais e 23%, principalmente ou exclusivamente importados. A pesquisa foi feita entre 9 de novembro e 14 de dezembro do ano passado.
Fonseca destacou, ainda, que as empresas estão com “séria” dificuldade para conseguir recursos para investimento. Segundo a pesquisa, em média, 72% dos investimentos realizados em 2015 foram financiados com recursos próprios, contra 61%, em 2014. Em contrapartida, os investimentos com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), bancos regionais de investimentos e comerciais públicos (Caixa Economica e Banco do Brasil) caíram de 26% em 2014 para 18%, no ano passado.
Fonseca acrescentou que as companhias estão com situação financeira debilitada, devido ao aumento de custos e dificuldades de vender os produtos. “Mesmo as empresas que desejam investir não conseguem por falta de recursos”, disse.

Papa admite uso de anticoncepcionais para combater o vírus da Zika

Em uma entrevista coletiva no avião que o levou do México para o Vaticano, o papa Francisco defendeu métodos contraceptivos como um “mal menor” para combater a disseminação do vírus Zika, mas criticou o uso do aborto para evitar o nascimento de crianças com microcefalia.
Papa Francisco
Papa: “O aborto não é um problema ideológico, é um problema humano, um problema médico”
“O aborto não é um problema ideológico, é um problema humano, um problema médico; é matar uma pessoa para salvar outra, no melhor dos casos, ou para deixá-la bem. É um mal em si mesmo”, declarou o Pontífice.
Contudo, segundo Jorge Bergoglio, não se deve confundir o “mal para evitar a gravidez” com a interrupção da gestação. “Sobre o mal menor, evitar a gravidez, falemos em termos de conflito entre o quinto e o sexto mandamentos [‘não matar’ e ‘não pecar contra a castidade’]. Paulo VI, o grande, em uma situação difícil na África, permitiu às freiras o uso de anticoncepcionais em casos de violência”, declarou Francisco aos jornalistas presentes em seu avião.
No início de fevereiro, o alto-comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Zeid Ra’ad Zeid Al Hussein, havia pedido a revogação de leis que limitassem o acesso a serviços de saúde sexual e reprodutiva, inclusive ao aborto e à contracepção de emergência, para fazer frente a disseminação do Zika, que pode causar microcefalia em fetos.
Além disso, no Brasil, algumas personalidades, como o ex-ministro da Saúde José Gomes Temporão (PSB-RJ), defendem que as mulheres tenham direito de interromper a gestação de fetos com malformação cerebral.
“Evitar a gravidez não é um mal absoluto. Em certos casos,anti como esse do vírus Zika ou aquele que mencionei, do beato Paulo VI, isso fica claro”, ressaltou o Papa.

Ansa Brasil

Atividade econômica cai 4,08% em 2015: é a pior recessão em 25 anos.


O IBC-Br avalia a evolução da atividade econômica brasileira  (Foto: Agência Brasil)O IBC-Br avalia a evolução da atividade econômica brasileira (Foto: Agência Brasil)




















atividade econômica em 2015 apresentou o pior desempenho já registrado pelo Banco Central (BC). O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) teve queda de 4,08% no ano passado, o pior resultado da série histórica, que tem início em 2003. O segundo pior resultado ocorreu em 2009, período de crise econômica mundial, quando houve retração de 1,71%. Em 2014, comparado com o ano anterior, a queda ficou em 0,15%, de acordo com dados revisados divulgados hoje (18) pelo BC.
O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) deve divulgar os dados oficiais do PIB do ano passado no dia 3 de março. O PIB é a soma de tudo o que é produzido no país. Se o resultado do IBGE for semelhante ao indicado pelo BC, será a pior recessão no Brasil em 25 anos, desde 1990, quando a retração foi de 4,35%.
O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira. O índice incorpora informações sobre o nível de atividade de três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária.
O indicador oficial sobre o desempenho da economia é o Produto Interno Bruto (PIB), elaborado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No dia 3 de março, o IBGE vai divulgar o resultado do PIB de 2015.

jornal da midia

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Comércio varejista tem queda de 4,3% nas vendas em 2015

Entre novembro e dezembro, os oito setores do comércio varejista tiveram quedas de 2,7% no volume de vendas .
Entre novembro e dezembro, os oito setores do comércio varejista tiveram quedas de 2,7% no volume de vendas .
O comércio varejista brasileiro fechou 2015 com uma queda de 4,3% no volume de vendas. No entanto, segundo dados da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada hoje (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a receita nominal dos oito segmentos do varejo cresceu 3,2% no período.
Considerando-se também os setores de veículos e autopeças e de materiais de construção, os dez setores do chamado varejo ampliado tiveram recuo de 8,6% no volume de vendas e de 1,9% na receita nominal.
Entre novembro e dezembro, os oito setores do comércio varejista tiveram quedas de 2,7% no volume de vendas e de 1,9% na receita nominal. Já na comparação de dezembro de 2015 com o mesmo período de 2014, houve redução de 7,1% no volume de vendas e alta de 2,8% na receita nominal.

agencia brasil

Serial killer de Goiás pega 20 anos de prisão por assassinato de estudante
















Tiago Henrique Gomes da Rocha foi condenado a 20 anos de prisão pelo assassinato da estudante Ana Karla Lemes da Silva (Foto: Reprodução/Diário da Manhã/Goiás)
Tiago Henrique Gomes da Rocha foi condenado a 20 anos de prisão pelo assassinato da estudante Ana Karla Lemes da Silva (Foto: Reprodução/Diário da Manhã/Goiás)











  



     O vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha foi condenado a 20 anos de prisão pelo assassinato da estudante Ana Karla Lemes da Silva, de 15 anos, ocorrido em dezembro de 2013, no Jardim Planalto, em Goiânia. A defesa alegou que o réu sofre transtorno de personalidade e deve ter a imputabilidade reduzida.
O laudo divulgado pela Junta Médica do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás mostra o réu como psicopata, mas imputável, pois é plenamente capaz de responder pelos seus atos. Assim, Jesseir não acolheu o pedido da defesa quanto a inimputabilidade ou semi-inimputabilidade, já que o laudo concluiu que ele não possui doença mental.
No crime contra Ana Karla, ele foi denunciado pelo Ministério Público de Goiás por homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e utilização de recurso que impossibilitou a defesa da estudante.
O julgamento durou cerca de 4 horas na manhã desta terça-feira (16) e em votação secreta, somente um dos cinco jurados votou pela absolvição do réu. Ministério Público vai recorrer da sentença e pedirá aumento da pena.
Tiago é acusado de 35 homicídio em Goiânia e está preso desde 14 de outubro de 2014. O vigilante foi denunciado por um 36º crime, mas por falta de provas o caso foi arquivado. Ele já foi mandado a júri popular por 28 homicídios desde 2011.

Dilma não recupera mais a popularidades, admite Wagner.

Jaques Wagner novamente foi realista. (Foto: Reprodução/Youtube)
Jaques Wagner novamente foi realista. (Foto: Reprodução/Youtube)
    O ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, jantou ontem (15.fev.2016) em São Paulo com um grupo seleto de empresários. Estava também presente ao encontro o presidente do BNDES, Luciano Coutinho.
O grupo é mais ou menos o mesmo que se encontrou no início de setembro de 2015 com o então ministro da Fazenda, Joaquim Levy.
Os pesos pesados do PIB ouviram um discurso ameno do ministro da Casa Civil. Ficaram satisfeitos com o grau de realidade exposto por Jaques Wagner, que em dado momento disse que a presidente Dilma Rousseff tinha consciência de que a popularidade do governo não vai mais se recuperar até o final do mandato, em 2018.
Por essa razão, afirmou Wagner, a presidente estaria realmente empenhada em deixar um legado para o país –a reforma da Previdência Social.
O ministro disse que precisaria de apoio de empresários para que o projeto pudesse prosperar no Congresso. Foi levantada na conversa a dificuldade que o governo tem dentro do próprio Partido dos Trabalhadores a respeito dessa agenda.
Wagner disse que o PT acabará apoiando. A estratégia será sentida numa mudança de abordagem. Hoje, fala-se muito em idade fixar uma mínima de aposentadoria. A ideia é essa, mas haverá agora mais ênfase no que será chamado de “travas” que serão colocadas para tornar o sistema mais justo.
Em resumo, o governo pretende que a Previdência Social seja unificada a partir de 2027, quando haveria apenas um modelo para homens, mulheres, funcionários públicos e trabalhadores do setor privado, tanto os urbanos como os rurais.
O encontro teve a presença de Mateus Bandeira, CEO da Consultoria Falconi, que ficou de redigir um texto de apoio para o debate sobre qual deve ser a reforma da Previdência apropriada para o Brasil neste momento. A Falconi é sempre elogiada por Jorge Gerdau, um dos presentes ao jantar de ontem. (Leia mais no Blog de Fernando Rodrigues).

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Mulher de 29 anos é assassinada em Eunápolis; Suspeito, marido foge.

Luciana Carmo de Jesus foi morta com um tiro na testa. (Foto: Reprodução)
Luciana Carmo de Jesus foi morta com um tiro na testa. (Foto: Reprodução)
Uma mulher de 29 anos foi assassinada dentro de casa em Eunápolis, no extremo sul da bahia. O crime aconteceu neste domingo (14) e a vítima, Luciana Carmos de Jesus, foi executada com um tiro na testa. O principal suspeito do crime, segundo a polícia, é o marido dela, o comerciante Gildásio Santos Lima, de 52 anos, que foi visto por testemunhas fugindo do local do crime em uma motocicleta.
Gildásio chegou a chamar uma vizinha, a quem disse que teria feito ”uma besteira”. Segundo a polícia, a vizinha foi até a casa da vítima e encontrou as crianças chorando na varanda, então decidiu acionar a delegacia local.
A polícia informou que não foram encontrados sinais de luta corporal dentro da residência do casal, que encontrava-se com o portão fechado, mas com as portas e janelas abertas e no quarto, no pavimento superior, o corpo de Luciana foi encontrado em uma poça de sangue.
A delegada de polícia de Eunápolis, Elizabeth Salvadeu, revelou em entrevista à imprensa que o local do crime não apresentava sinais de briga e o corpo foi encontrado com o celular caído perto da mão, o que indica que a vítima deve ter sido surpreendida pelo suspeito, o marido Gildásio Santos Lima, que é proprietário de um bar no centro de Eunápolis. Ele continua foragido.

jornal da midia